O deputado estadual Max Russi (PSB) bate o martelo neste início de semana sobre a sua ida para ocupar uma secretaria no governo Pedro Taques (PSDB).

Inicialmente foi oferecida ao parlamentar a Secretaria de Ciência e Tecnologia, mas pelo visto o nobre não aceitou, já que se trata de uma pasta com poucos recursos e devido à crise sem qualquer expectativa de ampliar a sua área de atuação.

Além disso, a Secretaria tem pouca inserção no Estado, o que atrapalharia o projeto de reeleição do deputado.

Diante do quadro, a avaliação é que o parlamentar possa ocupar a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), pois, daria maior visibilidade.

Advertisements
Leia também:  Sem interferir

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.