Imagem: novo rei da Tailândia
Foto: Thai TV/AP

O novo rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, indultou milhares de detentos em seu primeiro gesto “misericordioso” como monarca.

Entre os que tiveram suas penas perdoadas há mulheres condenadas pela primeira vez, detentos que cumpriram um terço de sua pena, assim como presos deficientes físicos ou doentes.
Esse indulto representa “a primeira oportunidade do rei, desde que chegou ao trono, de dar testemunho de misericórdia”, segundo um comunicado publicado no domingo pela Gazeta Real.

O decreto não deixa claro o número de detentos beneficiados pela medida. Segundo o Bangkok Post, que cita o chefe de administração penitenciária Kobkait Kasiwat, aproximadamente 30 mil presos conseguiram libertações antecipadas e outros 70 mil devem ser beneficiados com uma diminuição da pena.

Leia também:  Australiano que matou os filhos para se vingar da mulher é condenado a prisão perpétua

O novo rei, de 64 anos, chegou ao trono no início de dezembro, sob o nome de Rama X. Divorciado três vezes e com fama de imprevisível, Rama X não recebe a mesma devoção que seu pai possuía entre os cidadãos tailandeses.
Seu pai, Bhumibol Adulyadej, falecido em outubro após 70 anos de reinado, tinha o hábito de perdoar detentos a cada ano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.