Imagem: formulário do correio
Foto: Reprodução

Se por acaso você ainda está esperando alguma encomenda que deveria ter chegado para o Natal, cuidado com mensagens de e-mail que prometem “orientações” para você buscar o seu pacote. Criminosos virtuais brasileiros enviam várias mensagens utilizando o nome dos Correios e informações falsas sobre supostos pacotes que você deveria receber.

As mensagens podem exigir que você preencha imediatamente algum formulário ou abra um anexo que supostamente contém mais informações sobre a encomenda. Independentemente do teor do e-mail, o resultado final é sempre o mesmo: o download e instalação de uma praga digital que pode roubar senhas – inclusive senhas de banco – do seu computador.

A coluna Segurança Digital procurou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A empresa afirmou que só envia e-mails por solicitação dos consumidores e que não envia e-mail sobre o rastreamento de encomendas. Os Correios já publicaram uma página de orientação (https://www.correios.com.br/para-voce/avisos/falsos-e-mails-e-sites-de-rastreamento-em-nome-dos-correios) sobre esses golpes.

Leia também:  Criminosos munidos de fuzis "tocam o terror" em agência bancária do PR

Outro exemplo de mensagem falsa com um suposto “formulário de retirada”.

Os consumidores podem receber notificações da própria loja que enviou a encomenda (caso tenha sido uma compra) ou através do aplicativo dos Correios, que exige o cadastramento do código de rastreio da encomenda. O aplicativo exibe notificações no celular quando há alguma atualização.

Como essas fraudes são muito frequentes, a coluna Segurança Digital recomenda que e-mails desse tipo sejam completamente ignorados, assim como outros temas comuns de fraudes, entre os quais estão procedimentos judiciais e policiais inexistentes, dívidas falsas e avisos fraudulentos de recadastramento bancário.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.