Imagem: reitora da UFMT em coma induzido
Foto: Reprodução/TVCA

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso, Myrian Serra, internada desde o dia 10 de dezembro por ter sofrido um aneurisma cerebral, apresentou melhoras no quadro clínico e está respirando sem a ajuda de aparelhos. Ela está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital particular de Cuiabá.

Segundo informações divulgadas neste domingo (25) pela assessoria de imprensa da UFMT, Myrian está acordada e respondendo a comandos da equipe médica. Ela deve receber alta da UTI nos próximos dias, mas ainda vai ficar internada para tratamento neuroclínico.

Myrian passou mal depois de ter discursado em um evento do coral da UFMT no teatro da instituição. A reitora recebeu os primeiros socorros de médicos que estavam na plateia e depois foi levada para um hospital pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Leia também:  Ex-secretária de MT é condenada a indenizar o PT por difamação

Por causa do incidente com Myrian, a UFMT cancelou a programação de aniversário da universidade em dezembro, mês em que comemora 46 anos de fundação. Myrian Serra tomou posse como reitora da instituição no último dia 13 de outubro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.