Imagem: membros do conseg da vila operária o secretário de segurança jarbas
Membros do conseg da vila operária o secretário de Segurança Pública Jarbas – Foto: Divulgação

O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, informou durante o Encontro Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs) realizado ontem (8), em Cuiabá,  que pretende fazer parcerias com as Câmaras Municipais para abrir postos de atendimentos nas dependências do órgão legislativo. Uma das escolhida seria a Casa de Leis de Rondonópolis.

“A identificação civil, todo cidadão precisa fazer o seu documento, extravio é preciso tirar a 2ª via, é um local precário, há essa precariedade muito grande no atendimento da Politec. O que estamos fazendo, levamos para Assembleia Legislativa, vamos levar em Rondonópolis na Câmara Municipal ” declarou o secretário.

No encontro, estiveram presentes os representantes do Conseg da Grande Vila Operária, o presidente Jairo, Vicente, o vice-presidente Mauro Silva e o secretário Adão Ferreira.

Leia também:  Talk Show do Papo Empresarial acontece hoje

De acordo com o vice-presidente do Conseg da Vila Operária, Mauro Silva, durante o encontro, o secretário Jarbas apresentou o PPA de 2017, com previsão de investimentos nas bases comunitárias de Segurança Pública, no valor de R$ 7.865.559,15.

Imagem: encontro estadual dos consegs em cuiabá
Encontro Estadual dos Consegs – Foto: Divulgação

Também será criado um aplicativo de denúncias que permitirá o cidadão ter acesso direto aos serviços da Polícia Militar, Bombeiro, Polícia Civil, Politec, Conseg e Secretária de Segurança do Estado.

Ainda no encontro foi informado que será criado um termo de cooperação dos comandos das forças e Conselho. “Respeito recíproco entre seus servidores e Conseg, não admitindo qualquer desrespeito por parte de ambos”, explica Silva.

Por fim, ainda será feito um planejamento por uma comissão técnica que vão lotar todas as unidades de segurança do Estado. As equipes serão formadas por (Servidores) engenheiros, Técnicos em TI, entre outros profissionais da seara que produzirá um relatório técnico e enviará ao secretário como “prioridade”.

Leia também:  Dia dos Pais | Rondonopolitano deve gastar entre R$ 50 e R$ 100 com presente
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.