Um homem suspeito de estupro seguido de roubo na cidade de Rosário Oeste (327 km no Rondonópolis) foi preso pela Polícia Judiciária Civil durante ação para cumprimento de ordem judicial de prisão.

O suspeito, Emivaldo Jorge Soares, 28, teve mandado de prisão preventiva decretado pelo juízo da Comarca de Rosário Oeste, por estupro e roubo majorado.

O crime aconteceu no final da manhã de domingo (11-12), em uma residência no bairro Jardim América, onde a moradora de 48 anos e sua mãe de 70 anos, foram rendidas por um homem armado anunciando o roubo.

Portando uma arma de fogo e um facão, o criminoso permaneceu na casa por mais de 2h. Agindo com violência e grave ameaça obrigou a vítima de 48 anos a ter conjunção carnal com ele, na frente de sua mãe idosa.

Leia também:  Ação integrada prende sete dos envolvidos no sequestro de empresária

Depois de cometer o estupro, o suspeito ameaçou as vítimas dizendo que se denunciassem, voltaria para matá-las e seus familiares. Antes de fugir, Emivaldo subtraiu uma corrente de ouro que estava no pescoço da vítima estuprada, um aparelho notebook, e um aparelho celulares.

Diante dos fatos, imediatamente a Delegacia de Polícia de Rosário Oeste instaurou inquérito policial, e durante investigação os policiais civis conseguiram êxito em identificar o autor dos crimes.

Conforme apurado, as vítimas procederam com o reconhecimento fotográfico do suspeito, que teve como principal característica descrita uma tatuagem de folhas tipo maconha no antebraço do agressor, que confere com Emivaldo.

Com base nos indícios e provas, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva de Emivaldo por estupro e roubo majorado, e com parecer do Ministério Publico a solicitação foi deferida pela Justiça.

Leia também:  Condutora de caminhonete que atropelou motociclista diz que se atrapalhou com chinelo de dedo

Após o decreto do mandado de prisão, os investigadores localizaram o procurado em uma via pública na cidade de Rosário Oeste. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia onde foi interrogado, e posteriormente transferido para a Cadeia Pública local.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.