Imagem: Richard Gama   Foto de Junior Martins (2)Richard Gama, de 13 anos, disputará cinco torneios internacionais Cosat – Confederação Sul-Americana de Tênis, nos meses de janeiro e fevereiro de 2017, na Colômbia, Equador, Paraguai e Brasil. Ele passa férias com a família em Cuiabá e embarca para a Copa Club Campestre Cali, de 14 a 21 de janeiro, no Clube Campestre Cali, em Santiago de Cali, na Colômbia. Depois parte para o Guayaquil Bowl, Asuncion Bowl, Banana Bowl e o Internacional Juvenil de Porto Alegre.

“2016 foi meu primeiro ano em torneios internacionais. Viajei para países da América do Sul e Europa. E meu calendário de 2017 já começa com competições Sul-Americanas. Gosto muito dessas viagens e de fazer amizades com tenistas de outros países. De tentar conversar em outras línguas. Ainda não sei falar outros idiomas, mas uso um pouco de mímica e já consigo arranhar o espanhol”, comenta Richard Gama, que atualmente mora no Instituto do Tênis, em São Paulo.

Leia também:  Antigo Luthero vira cult e ganha lembrança especial do torcedor

O segundo torneio do cronograma será o Guayaquil Bowl, que ocorre de 21 a 28 de janeiro, no Anexo Guayaquil Tênis Clube, na cidade de Guayaquil, no Equador. Depois será o Asuncion Bowl, de 28 de janeiro até 04 de fevereiro, no Clube Internacional de Tênis (CIT), em Nossa Senhora Santa Maria da Assunção, no Paraguai. Seguido pelo 47º Banana Bowl, que será realizado de 04 a 11 de fevereiro, sediado pelo Recreio da Juventude, em Caxias do Sul (RS), no Brasil.

“Pela ótica da formação do tenista profissional, os torneios municipais, estaduais e nacionais do país compõem a formação até cerca de 13 anos. Depois precisam participar de internacionais para enfrentar os melhores e adquirir experiência. É essencial que confrontem atletas de outras vertentes ou escolas do tênis. Tem países com tradição em quadras de solo de saibro e outros de grama ou sintética. E isso muda o estilo de jogo”, avalia o pai do Richard, Emerson Gonçalves.

Leia também:  Rodada "madrasta" coloca Luve de volta ao Z-4

O 5º torneio do cronograma será o Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, chamado Copa Gerdau, que ocorre de 11 a 18 de fevereiro, na Sociedade Ginástica de Porto Alegre (Sogipa), em Porto Alegre (RS), Brasil. Uma competição que reúne cerca de 45 países e está entre as nove mais importantes do calendário mundial juvenil, ao lado dos quatro Grand Slam – Abertos da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e Aberto dos Estados Unidos.

“Existem talentos por todos os cantos do Brasil, mas muitos se perdem por não terem condições financeiras de participar dos circuitos nacional e internacional. No caso do Richard, só é possível por conta de empresas que investem no esporte como visão de responsabilidade social. Não teríamos como desabrochar o talento dele sem a parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi-MT), Unimed, Espaço Laser e Instituto do Tênis”, disse o professor de tênis, Emerson Gonçalves.

Leia também:  Luve vence em casa e fica fora do Z-4
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.