As vendas em shoppings durante o Natal caíram 3% este ano. Já em 2015 a queda foi de 2,8%. As informações foram divulgadas pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop).

De acordo com os dados, apesar do resultado negativo, o Natal continua sendo a principal data para o varejo. Ao longo de 2016, a redução nominal no setor foi de 3,2%, o correspondente a R$ 140,5 bilhões.

Em relação aos segmentos de produtos, as maiores quedas em relação a 2015 foram registradas por móveis e artigos do lar (- 9%), tecnologia e comunicação (- 6,5%) e eletrodomésticos (- 4,5%). As principais altas foram registradas pelos segmentos de perfumaria e cosméticos (7,3%), joias e relógios (3,5%) e calçados (3%).

Leia também:  Mato Grosso fica em 2º lugar no ranking de geração de empregos em todo o Brasil

Entre os meios de pagamento escolhidos pelos consumidores neste Natal, 55% optaram pelos cartões de crédito e débito, 25% pelo cartão próprio ou carnê da loja, 10% cheques e dinheiro.

Segundo a Alshop, a evolução das vendas em 2016 foi afetada pela dificuldade de obtenção de crédito, elevação do desemprego, carga tributária alta, fim de incentivos fiscais e insegurança em relação ao quadro político e econômico do país.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.