Um adolescente de 17 anos,apontado como um dos autores do latrocínio que vitimou, Nonato Souza Paixão, 33 anos, ocorrido em 7 de abril de 2016, no bairro Novo Paraíso, foi apreendido na tarde de quinta-feira (05), em Cuiabá, pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), da Polícia Judiciária Civil.

O menor tinha 16 anos quando participou o crime. Ele confessou o ato criminoso e foi encaminhado a Delegacia do Adolescente, que fará nesta sexta-feira (06) o encaminhamento a Promotoria da Infância e Juventude.

A delegada Luciani Barros, titular da Derf, informou que o menor estava escondido na região de Barão de Melgaço e voltou a Cuiabá para passar as festas de fim de ano. “Nossos policiais estavam monitorando o infrator que cometeu esse latrocínio de forma covarde, que à época teve muita repercussão”, disse.

Leia também:  Homem é executado com 3 tiros enquanto trabalhava em obra

O crime aconteceu às 19h30, na residência da vítima, que estava na casa acompanhada da esposa. Dois suspeitos pularam o muro dos fundos da casa, invadindo a casa pela cozinha, local em que estava a esposa da vítima. Ela foi rendida pelos bandidos armados, sendo agarrada pelo pescoço. O marido que estava na sala ouviu barulhos e foi até a cozinha se deparando com os assaltantes. Um deles armado atirou contra a vítima, que foi atingida na região do olho esquerdo.

Em seguida, os bandidos saíram pelos fundos da casa, pulando o muro e correndo pelo mato, sem levar nada do imóvel. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e colheu amostras de sangue deixadas no quintal e também no muro da residência. Os suspeitos quando pularam o muro se cortaram nos cacos de vidros colocados como segurança em cima da mureta.

Leia também:  Preso por tráfico, jovem disse que revenderia droga por valor maior
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.