Imagem: Clementina
Foto: Reprodução

Editado em 2012 de forma independente e restrita, como resultado da conclusão de trabalho feito por quatro jornalistas na Universidade Metodista de São Paulo, o livro Quelé, a voz da cor – Obra e legado de Clementina de Jesus está sendo relançado em escala nacional neste mês de janeiro de 2017 pela editora Civilização Brasileira, do Grupo Record.

Com outra capa e outro subtítulo (o atual é Biografia de Clementina de Jesus), o livro de Felipe Castro, Janaína Marquesini, Luana Costa e Raquel Munhoz conta a vida e obra da cantora fluminense Clementina de Jesus (7 de fevereiro de 1901 – 19 de julho de 1987). Primeira biografia da artista, o livro é relançado 30 anos após a saída de cena dessa cantora revelada em 1964 por Hermínio Bello de Carvalho.

Leia também:  Selena Gomez relata cirurgia para transplante de rim para tratar Lúpus

Elo entre o Brasil e a ancestralidade africana, Clementina lançou onze álbuns entre 1965 e 1982, sendo que alguns desses belos discos foram trabalhos coletivos. No livro, que expõe na contracapa breves depoimentos de Teresa Cristina e Paulinho da Viola, os autores detalham os discos, as glórias e as lutas de Clementina de Jesus, uma das cantoras mais importantes do Brasil.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.