Pelo menos cinco pessoas morreram, entre elas três estrangeiras, e cerca de 10 ficaram feridas em um ataque a uma boate onde acontecia um festival de música eletrônica na cidade turística de Playa del Carmen, ao sul de Cancún, no México, informou nesta segunda-feira uma fonte oficial.

Imagem: atirador ataca boate do mexico
AFP

A prefeita de Solidaridad, Cristina Torres, município ao qual pertence Playa del Carmen, informou à imprensa que o crime aconteceu no Festival BPM e que, conforme os primeiros relatos, um homem armado abriu fogo no estabelecimento, que fica a poucos metros da praia e próximo de hotéis e restaurantes.

Cristina também confirmou que as vítimas são quatro homens e uma mulher, que caiu após a correria provocada pelos disparos. Já de acordo com a organização do festival, três seguranças que trabalhavam na boate morreram no ataque.

Leia também:  Brasileiro movido por ciúmes mata ex-amigo estrangulado na Itália

“Este ato de violência começou na Rua 12 em frente ao clube e três membros da equipe e segurança do BPM estão entre essas vidas que perdemos, enquanto tentavam proteger os presentes”, indicaram os organizadores em sua página no Facebook.

Miguel Angel Pech Cen, procurador-geral do estado de Quintana Roo, onde fica Playa del Carmen, informou que “três pessoas foram detidas perto do local”, sem dar mais detalhes. “Não sabemos de quem se trata em específico”, indicou Cen a uma emissora de rádio local, sem descartar que o incidente tenha alguma relação com a luta pelo controle da região entre facções criminosas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.