A Polícia Judiciária Civil esclareceu 91,3 % dos homicídios dolosos, consumados e tentados, praticados no município de Barra do Garças, no ano de 2016. Foram 11 homicídios consumados e 12 tentativas de homicídio, totalizando 23 crimes contra a vida, investigados pela 1ª Delegacia de Polícia.

Apenas dois casos, tratando-se de uma tentativa e um homicídio consumado, não foram solucionados e seguem em investigação pela Polícia Civil.

O delegado Adriano Marcos Alencar, que preside as investigações juntamente com o delegado Renato Resende, destacou o alto índice de desempenho na identificação e indiciamento dos autores. “A marca de 91,3% de aproveitamento demonstra o empenho da equipe da 1ªDP, em cumprir com sua missão na apuração de delitos, no auxílio a Justiça e principalmente dando resposta aos anseios da sociedade, gerados pelo clamor que tais crimes provocam”, disse.

Leia também:  "Mula" fica nervosa e entrega carga de pasta base aos federais

O delegado também ressaltou a colaboração das instituições parceiras como a Politec, Polícia Militar e Sistema Prisional. “Dentro de suas atribuições contribuíram significativamente”, afirmou. “Parabéns a valorosa e competência da equipe e dos colaboradores nesta missão de Segurança Pública da população de Barra do Garças”, finalizou.

A 1ª Delegacia de Polícia pertence a administração da Delegacia Regional de Barra do Garças, sob a direção do delegado regional, Adilson Gonçalves.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.