Imagem: WhatsApp Image 2017 01 16 at 15.35.35
Foto: Reprodução – PR

Caminhoneiros entraram no quarto dia de protesto contra a queda no preço do frete. Depois de três dias fazendo manifestação na BR-364, no município de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, eles também decidiram bloquear em BR-163 de Nova Mutum a 269 km da capital, na tarde desta segunda-feira (16), com pneus que fecham as estradas.

Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MT) e da concessionária Rota do Oeste, responsável pela conservação e duplicação da rodovia, os caminhoneiros bloquearam as duas faixas sentido sul do km 593 da BR-163.

Imagem: Motoristas protesto
Foto: Reprodução – PRF

Os manifestantes bloqueiam a passagem de veículos de carga, mas permitem a passagem de ambulâncias, ônibus, carretas-tanques, veículos de passeio e veículo com carga perecíveis. A manifestação não está gerando congestionamento, com exceção dos graneleiros, todos estão passando, Segundo informação do Núcleo de Comunicação da PRF.

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19

Os caminhoneiros dizem ainda apoiar o Projeto de Lei 528, em tramitação na Câmara Federal, que prevê a criação da Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas.

Ainda não há informações sobre a quantidade de manifestantes na BR-163.

Relatório da quantidade de pontos bloqueados: 05

01 – BR 364, Km 201 – Rondonópolis/MT

02 – BR 364, Km 206 – Rondonópolis/MT

03 – BR 364, Km 210 – Rondonópolis/MT

04 – BR 163, Km 593 – Nova Mutum/MT.

05 – BR 163, Km 601 – Nova Mutum/ MT

SAIBA MAIS

Leia também:  DEM pode ser destino de Sachetti e Garcia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.