Apesar da crise que assolou o país, o comércio varejista registrou queda de (-) 2,5% em 2016, na comparação com o ano passado. O Natal foi bem mais fraco que do ano anterior (-) 3%. Mas para surpresa dos lojistas, o movimento das promoções pós-festas melhorou nos últimos dias de dezembro que fechou em (-) 1,7%. Nada comparado a previsão nacional pessimista de (-) 6%.

Os números são dos bancos de dados do Serasa e SPC da Câmara de Dirigentes Lojistas de Rondonópolis (CDL) e correspondem à intenção de compras.

Para o presidente da instituição, Neles Walter Ferreira de Farias, a estimativa de vendas super fracas para o Natal não se consolidou e as pessoas estão procurando as promoções e fazendo a compra de forma mais comedida, o que é bom para o lojista que só fecha a compra no momento em que o cliente quita todo o pagamento daquilo que comprou.

Leia também:  Rondonópolis | Empresa inova e doa mudas de árvores para comemorar Semana do Meio Ambiente

“No ano de 2016, o que marcou o comércio foram as ofertas. Para os lojistas foi um ano difícil, de muitas demissões, mas estamos confiantes que 2017 será um ano melhor e acreditamos que a turbulência da economia e da política tenha passado, esperamos um ano melhor e com pequeno crescimento já que viemos de dois anos de baixa nas vendas do varejo”, concluiu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.