Imagem: manifestantes com capuz e mascaras
Reprodução

Ativistas mascarados protestando na cerimônia de posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, destruíram janelas de lojas e carros em Washington nesta sexta-feira, e enfrentaram a tropa de choque da polícia, que respondeu com spray de pimenta e granadas de efeito moral.

Cerca de 500 pessoas, algumas usando máscaras ou lenços para cobrir seus rostos, marcharam pela cidade, quebrando janelas de uma agência do Bank of America, de um restaurante do McDonald’s e de um Starbucks, todos símbolos do sistema capitalista norte-americano.
A multidão, que carregava cartazes, um deles com os dizeres “Deixem os Racistas com Medo de Novo”, se dispersou após a polícia ter respondido com força.

Leia também:  Festival musical é alvo de ataque e deixa mais de 200 feridos e 50 mortos nos EUA

Cerca de 900 mil pessoas são esperadas no National Mall, área de frente ao Congresso dos EUA onde Trump fará o juramento de posse, assim como na rota da Avenida Pennsylvania que ele irá percorrer até a Casa Branca, e também em outras partes do centro de Washington.
Mais cedo, ativistas liberais com um grupo chamado Disrupt J20 bloquearam intermitentemente diversos pontos de segurança que levavam à maior área pública com vista para a cerimônia. Diversos foram retirados pela polícia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.