Penitenciaria da Mata Grande em Rondonópolis. Foto: Varlei Cordova / AGORAMT
Penitenciaria da Mata Grande em Rondonópolis. Foto: Varlei Cordova / AGORAMT

Ações preventivas para evitar conflitos entre facções criminosas na unidade prisional de Rondonópolis serão discutidas nesta sexta-feira, às 14h, durante reunião entre representantes do Ministério Público Estadual, Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos e Penitenciária Mata Grande. Durante o encontro, também serão debatidas novas estratégias para evitar futuros conflitos entre presos.

De acordo com o promotor de Justiça Jorge Damante, na segunda-feira (16), a partir das 9h, o Ministério Público e a Defensoria Pública também vão a unidade prisional para analisar a situação de cada preso.

“Faremos entrevistas com os presos provisórios para examinarmos casos concretos em que há excesso de prazo ou outros motivos que permitam aos internos responderem ao processo em liberdade. Também serão consultados os presos do regime fechado, para análise de eventuais casos com direito a progressão, mas que ainda não tenham sido analisados pelo Poder Judiciário”, informou o promotor de Justiça.

Leia também:  Unidade Caic realiza palestra sobre saúde da mulher na quinta
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.