Imagem: mae e filha viimas de acidente
Filha e mãe vítimas do acidente do avião modelo Hawker Beechcraft King Air C90 que pertencia ao grupo Emiliano Empreendimentos – Foto: reprodução

Os corpos  das duas mato-grossenses que morreram vítimas da queda do avião no mar em Paraty, no Rio de Janeiro (RJ), foram enterrados nesta segunda-feira (23), no cemitério municipal de Juína (1.008 km de Rondonópolis). No avião que estavam a massoterapeuta Maira Lidiane Panas Helatczuk, de 23 anos, e a mãe dela, Maria Ilda Panas, 55 anos, também estavam o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, o empresário Carlos Alberto Filgueiras e o piloto da aeronave, Osmar Rodrigues. O acidente aconteceu na quinta-feira (19).

Os corpos de mãe e filha chegaram no aeroporto de Juína por volta das 19h10 e foram velados numa funerária. O Instituto Médico Legal (IML) liberou os corpos de Maira e Maria, e do piloto do avião no fim da noite desse sábado (21). O corpo do ministro Teori Zavascki foi enterrado no fim da tarde de sábado (21) no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre (RS).

Leia também:  Mais de 12 mil motoristas ficaram parados na BR-163 por falta de combustível

O empresário Carlos Alberto Filgueiras, fundador do grupo Emiliano, foi cremado numa cerimônia no cemitério da Vila Alpina, na Zona Leste da capital paulista.

O piloto Osmar Rodrigues foi enterrado em Bentópolis, distrito de Guaraci, no norte do Paraná, na tarde deste domingo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.