Imagem: Boy Band
Foto: Reprodução

No encantado reino musical de Rock story, novela exibida pela TV Globo às 19h30m, os integrantes da boyband 4.4 são os príncipes da vez na cena roqueira nacional. Desde o capítulo exibido ontem, 23 de janeiro de 2016, a banda alcança o sucesso imaginado pelo mentor do quarteto, o roqueiro Gui Santiago (Guilherme Brichta), para derrubar o rival Léo Régis (Rafael Vitti), jovem cantor que é uma espécie de Luan Santana ou Justin Bieber brazuca na história de Maria Helena Nascimento dirigida por Dennis Carvalho.
Musicalmente, Régis e a 4.4. habitam distintos universos musicais. Enquanto o jovem cantor dá voz a um repertório sintonizado com a música simples e geralmente pobre que toma conta das paradas populares do Brasil, o vocalista e guitarrista Zac (Nicolas Prattes), o baixista e também vocalista Nicolau (Danilo Miranda), o baterista Tom (João Vitor Silva) e o tecladista JF (Maicon Rodrigues) – na ficção, o único músico com capacidade técnica, tendo formação de pianista de música clássica – reciclam basicamente sucessos do rock brasileiro da década de 1980. Sonífera ilha (Branco Mello, Marcelo Fromer, Tony Bellotto, Carlos Barmack e Ciro Pessoa, 1984) e Brasil (George Israel, Nilo Romero e Cazuza, 1988) – sucessos do grupo Titãs e do cantor Cazuza (1958 – 1990), respectivamente – são músicas recorrentes nos roteiros dos ensaios e apresentações da 4.4.
Em bom português, a boyband da ficção foge do estéril repertório industrializado das boybands da vida real. O único ponto de contato entre o quarteto e Léo Régis é a idolatria do público jovem feminino. Régis canta música coreografada, próxima do universo pop sertanejo. A 4.4 toca rock, tendo despontado para o sucesso ao gravar, para comercial de biscoito popular, um (até então esquecido) rock que, embora na trama tenha autoria atribuída a Gui Santiago, se chama Vontade e é criação de Paulinho Moska, tendo batizado o primeiro álbum solo do cantor e compositor carioca, lançado em 1993.
Apesar das disparidades musicais, o fictício sucesso viral da banda 4.4 abre caminho na novela para tramas que envolvem egolatria juvenil, inclusive rivalidades entre os próprios integrantes do quarteto. Algumas cenas já sinalizaram que JF e Tom vão se deslumbrar com o assédio feminino. Já Léo Régis certamente ficará incomodado com o sucesso crescente dos rivais arquitetados pelo maior inimigo do popstar. Com tais enredos que ora se descortinam para o telespectador, Rock story mantém o pique inicial e ainda faz a trama avançar, seguindo firme no posto de melhor novela em exibição atualmente na televisão brasileira.
(Crédito da foto: 4.4 em imagem extraída de vídeo da GloboPlay)

Leia também:  Luan Santana revela detalhes de início de namoro com Jade Magalhães
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.