A ousadia do suspeito Alexsandro Mourão Afonso fez com que os agentes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) o prendesse com mais rapidez. Após os crimes, ele anunciava a venda dos produtos em redes sociais.

Segundo informações, a vítima reconheceu o celular que estava sendo vendido pela fotografia no Facebook por R$450 e acionou os policiais da Derf. Eles iniciaram a negociação para compra do aparelho, efetuando a prisão de Alexsandro e apreendendo o aparelho.

A vítima reconheceu ainda o capacete e a motocicleta amarela que foi usada no dia do roubo. Na casa dele os policiais ainda encontraram um pé de maconha.

Na sexta-feira (13) os policiais haviam realizado outra prisão que o suspeito também realizava a venda pelo facebook

Leia também:  Confraternização de família termina em assassinato no Jardim Ipanema

Luis Felipe Zanão foi preso por receptação. O suspeito tinha ainda uma TV e um notebook sem notas fiscais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.