O Setor de Desaparecidos da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), aguarda finalização dos trabalhos, da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), de identificação dos dois corpos localizados, na madrugada desta sexta-feira (20.01), em Santo Antônio do Leverger (34 km ao Sul), para confirmação formal se são dos jovens, Hugo Vinicius da Silva Salomé, 19 anos, e João Vitor Alves de Oliveira, 20 anos, desaparecidos desde 9 de janeiro.

Diante do reconhecimento dos corpos pelas famílias dos jovens, a Delegacia passou a investigar o desaparecimento dos amigos como crime de homicídio, em inquérito policial instaurado. Desde a comunicação do sumiço, o Setor de Desaparecidos da DHPP realiza diligências investigativas, com depoimentos de familiares e testemunhas, checagem de informações, entre outras.

Leia também:  Cuiabá contrata técnico Itamar Schülle para temporada 2018

Agora, com a localização dos corpos, os possíveis suspeitos, denunciados pela família, serão ouvidos nas investigações.

Os corpos foram encontrados cerca de 10 metros, na MT 040, próximo a localidade de Porto de Fora, região que dá acesso ao Distrito de Mimoso, em Barão de Melgaço. As vítimas foram enterradas em cova parcialmente rasa, descoberta com as chuvas. Moradores da localidade encontraram e acionaram a Polícia.

Os corpos, em estado avançado de decomposição, estavam dentro de sacos plásticos, enrolados com fitas adesivas, e foram levados para Instituto de Medicina Legal (IML), em Cuiabá, onde passam por exames periciais para identificação da causa morte e coleta das digitais para identificação formal das vítimas.

Leia também:  Polícia divulga foto de suspeito de mandar matar filho de vereador em Cuiabá

As investigações prosseguem pela DHPP, que somente irá se pronunciar sobre o caso, ao final das investigações.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.