Morreu agora há pouco em Rondonópolis o Radialista Noel Paulino de Almeida, 80 anos. Ele estava internado há vários dias.

Noel nasceu em Carlopolis-PR e se formou em radialismo em 1966. Chegou a Rondonópolis em 1976 como representante da Metalúrgica Artes Ferro Real. Na comunicação no município trabalhou na Rádio Branniff em 1977 e na TV Manchete.

Tinha orgulho em dizer que foi o primeiro locutor da Rádio Clube – 17 de abril de 1979 anunciando o prefixo da emissora as 9:45 ” A sociedade Rádio Clube de Rondonópolis subsidiária de Sociedade Rádio Clube de Ponta Porã em 120 metros nas ondas tropicais em caráter experimental, entrem em contato conosco por carta ou telefone, queremos saber quanto somos e até onde vamos”.

Leia também:  Incêndio é parcialmente controlado em Rondonópolis

Tinha como paixões a família, a  música e o esporte. Foi também Secretário de Imprensa da Câmara Municipal de Rondonópolis em 1992, além de apresentador oficial da Exposul por mais de 10 anos.

Trabalhou por mais de 10 anos e uma concessionária e em 2004 assumiu a gerência de educação para trânsito no Detran Mato Grosso e ficou encarregado de 23 municípios durante 11 anos.

Ele era casado com Maria de Lurdes Endres de Almeida (Dona Mari), pai de Kelly Cristine Endres de Almeida, Kleber Paulino de Almeida e Ricardo Leon Endres de Almeida. Deixa ainda três netas: Ana Carolina, Mariana e Maria Antônia.

Deixou a um legado na comunicação em Rondonópolis com a frase dele antes de cada comercial: ” Vamos defender o leitinho das crianças e o MÉZINHO do coroa” e no final de cada programa:

Leia também:  MST bloqueia trilhos de Ferrovia em Rondonópolis

” Se eu acordar amanhã Deus estará comigo, se eu não acordar é porque eu estarei com Ele, até amanhã gente boa da nossa terra”.

O velório de Noel acontece no Rotary Clude na Vila Birigui em frente a Santa Casa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.