Imagem: Silgueiro
Foto: Reprodução

Com o intuito de dialogar com a comunidade escolar sobre novas políticas públicas educacionais, o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, e três adjuntos da Seduc, estarão nos municípios de Juara, Juína e Tangará da Serra na próxima semana.

A ideia é apresentar a minuta do Pró-Escolas, um amplo programa de ações e investimentos na melhoria da estrutura escolar e da qualidade do ensino público em Mato Grosso, que será lançado em breve pelo Governo do Estado. Essa será a primeira viagem do projeto “Seduc Interativa”, que consiste em levar o gabinete do secretário a todas as regiões do estado.

A primeira reunião será na segunda-feira (16.01), às 14 horas, no Centro Cultural Savoine de Juara, com professores, diretores e assessores pedagógicos. Às 19 horas, Marrafon falará sobre o planejamento estratégico da Seduc em uma audiência pública na Câmara dos Vereadores. Ambas os eventos serão abertos à população.

Leia também:  Termo de Cooperação para implantar Núcleo de Mediação Escolar será assinado nesta segunda

Na terça-feira (17.01), a apresentação será feita para os profissionais da educação de Juína, às 14 horas, no Centro de Formação e Atualização dos Professores (Cefapro). Em seguida, haverá audiência pública na Câmara Municipal, às 19 horas.

Já na quarta-feira (18.01), o diálogo será com a comunidade escolar de Tangará da Serra, às 16 horas, na sede do Cefapro. O último evento será na sede do Legislativo Municipal, às 19 horas, também aberto à sociedade.

Marrafon acredita que uma educação pública de qualidade, e que preze pela valorização de todos, pressupõe o diálogo. Segundo ele, o objetivo da viagem é verificar de perto as dificuldades enfrentadas por gestores e professores – e discutir os desafios e perspectivas da construção de políticas educacionais que visem à melhoria da qualidade do ensino. O Pró-Escolas contempla os eixos Ensino, Inovação, Estrutura e Esporte e Lazer.

Leia também:  Dobram os casos de febre Chikungunya no 1º semestre em MT

“O Programa Pró-Escolas surgiu da necessidade de construir um grande planejamento estratégico para a educação, buscar a melhoria dos processos de aprendizagem e, ao mesmo tempo, da ambiência escolar. Queremos construir isso junto com a rede – e a expectativa é muito positiva, uma vez que é a partir disso que vamos conseguir alcançar resultados concretos”, afirma o secretário.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.