Suspeito de envolvimento na explosão do caixa eletrônico - Foto : Varlei Cordova / AGORA MT
Suspeito de envolvimento na explosão do caixa eletrônico – Foto : Varlei Cordova / AGORA MT

Um homem é preso na tarde desta sexta-feira (27) suspeito de ter participado na explosão de um caixa eletrônico seguido de roubo, na avenida Lions Internacional, em Rondonópolis. Na ocasião, ocorrida nesta madrugada, testemunhas relatam que em torno de dez homens armados explodiram o caixa eletrônico com a intenção de roubar e em seguida fugiram em dois veículos.

A Polícia Militar (PM) e a Força Tática, começaram as buscas e nesta manhã, eles conseguiram encontrar um Duster prata, abandonado na região de Pedra Preta. O veículo foi supostamente usado para fugir do local. A polícia continuou buscas pela cidade, mas nada mais foi encontrado. O carro era fruto de um outro roubo em Cuiabá e tinha a placa clonada.

Leia também:  Homem é preso por agressão a companheira e tráfico de drogas em Rondonópolis

Nesta tarde a busca não terminou e a polícia foi informada, que um indivíduo que se identificou como Miguel, pediu para um taxista fazer uma corrida até Cuiabá. O suspeito não possuía nenhum documento e nem dinheiro para pagar a corrida e estava todo sujo, então pediu que o condutor do taxi o levasse até a capital e que pagaria a viagem ao chegar.

Segundo o Major Candido comandante da Força Tática, a polícia percebeu que o indivíduo estava sujo e a sujeira se parecia com a de onde o carro foi abandonado. “O suspeito tinha o tênis molhado e ele alegava que trabalhava em uma fazenda e não sabia nem o nome da fazenda. ” Pontuou.

A polícia fez a interceptação do taxi em Juscimeira, o veículo seguia para Cuiabá. A Força Tática questionou o nome do suspeito e ele não conseguiu responder o mesmo nome, por mais de uma vez e nada foi apreendido junto com ele.

Leia também:  Após ser ferida em tentativa de homicídio na Vila Canaã, vítima é socorrida pelo Samu

Segundo o Major, o taxista a princípio foi levado como testemunha, para a 1º Delegacia de polícia, mas ele alega que o suspeito usou o celular do condutor do táxi, para fazer ligações e trocar mensagens via WhatsApp, que ligam o suposto Miguel ao crime.

Leia mais : A Explosão do caixa eletrônico em Rondonópolis

INFORMAÇÕES ATUALIZADAS 

De acordo com informação da Polícia, o suspeito confessou que se chama André do Livramento Vasconcelos, 21 anos e confessou a participação da explosão do caixa eletrônico.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.