A travesti, Marcos Ray Oliveira França, 23 anos, conhecida na cidade como “Rayca”, teve o mandado de prisão preventivo cumprido nesta segunda-feira (2) pelo crime de homicídio no município de Luciara (MT). Segundo as investigações, Rayca é responsável pela morte de João Paulo Martins Rocha, de 38 anos, com quem mantinha um relacionamento homoafetivo, há oito anos. O crime aconteceu no dia 31 de dezembro e foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil, com a prisão da principal suspeita.

No dia do crime a vítima e a suspeita saíram de um bar na cidade de Luciara, na companhia de um casal e seguiram para a casa de Rayca.

Na residência, Rayca e João Paulo entraram em um quarto e começaram a discutir por questões de valores de um suposto “programa”, chegando a entrar em vias de fato. Eles saíram para fora da casa, momento em que a suspeita pegou uma faca e desferiu três golpes contra a vítima.

Leia também:  Após roubo a duas fazendas quadrilha é presa

A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu cerca de 30 minutos depois, no hospital do município. Testemunhas ligaram para a Polícia Militar, mas a suspeita fugiu antes da chegada dos policiais.

Com base nas informações, o delegado Valmon Pereira da Silva representou pela prisão preventiva de Rayca, que foi deferida pela Justiça. A ordem de prisão foi cumprida por policiais civis das Delegacias de Luciara e São Félix do Araguaia.

Rayca foi encaminhada para Cadeia Pública de São Felix do Araguaia, onde ficará a disposição da Justiça.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.