Vereador Guinâncio abre mão da verba indenizatória - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Vereador Guinâncio abre mão da verba indenizatória – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

O vereador Carlos Guinâncio, o Subtenente Guinâncio, entregou um termo ao presidente da Câmara dos vereadores, Rodrigo da Zaeli, abrindo mão do recebimento da verba indenizatória na Câmara Municipal, durante a sessão solene de posse na manhã deste domingo (1), em Rondonópolis. O valor atual da VI é de R$ 10 mil, mas como a proposta aprovada prevê que esse dinheiro não poderá ser maior que 80% dos subsídios dos vereadores, a nova quantia deverá ser de R$ 8 mil.

“Considerada a forma com a qual a verba é paga, os argumentos embora sejam legais, a verba é discordável. Nós reconhecemos que a atividade parlamentar precisa de custeios. É verdade e não há como negar isto, porém, a forma com a qual a verba vinha sendo paga à sociedade não é aceitável. Ouve mudanças, um grande avanço e é sinal de que tempos novos estão a chegar. Já que eu tive essa oportunidade, fiz acontecer. Meu desejo é que meus companheiros discutam outras formas de custeio” disse.

Leia também:  Produtores recorrem à AL por mudanças na Lei do Susaf

Questionado se a falta do recurso irá interferir em algo durante o seu mandato, o vereador disse que isso só o tempo dirá. “Meu jogo de campanha foi de estratégia para a mudança. Em tempo de poucos recursos espero que o brasileiro entenda que o fato de não termos dinheiro não significa que não somos capazes de realizar sonhos” finaliza o vereador.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.