Imagem: reuniao Beto e RodrigoOs vereadores Rodrigo da Zaeli (PSDB) e Beto do Amendoim (PSL) estiveram na Secretaria Municipal de Saúde para levantar a situação das unidades de atendimento, bem como, se há medicamentos na rede pública para atender a população. A preocupação dos legisladores é garantir a regularidade dos serviços de saúde básica.

A secretária explicou que um levantamento está sendo feito para identificar as reais necessidades da área. Também em quais locais os servidores da saúde estão atuando. “Tem pessoas que são da saúde, mas estão prestando serviço em outras secretarias que nada tem a ver com a função. Após trazer esses profissionais de volta, reorganizaremos cada setor”.

Ela explicou ainda que para garantir que todos estejam de volta às suas funções, a secretaria vai fazer um recrutamento, sendo necessário que cada servidor da saúde faça um cadastro na secretaria comunicando sua função e onde estava alocado. “Assim vamos reunir todos aqui [secretaria de saúde] e destiná-los para os locais que realmente deveriam estar”.

Leia também:  Poder Executivo discute novo modelo de IPTU com presidentes de bairros de Rondonópolis

O vereador Rodrigo da Zaeli questionou sobre a convocação dos concursados para as vagas da saúde. A secretária Izalba Albuquerque disse que, com o remanejamento dos que estão em desvio de função, todas as vagas estarão preenchidas, não precisando, por enquanto, convocar aprovados. Ela disse ainda que, conforme a necessidade, o chamamento será de forma gradativa.

O município paga o Consórcio Estadual de Saúde, o que lhe dá direito de utilizar alguns serviços. O problema, explica ela, é que este repasse é sempre feito com atraso, impossibilitando a utilização dos trabalhos oferecidos pelo consórcio. “Com o pagamento em dia vamos poder utilizar serviços que antes eram oferecidos pela FAESPE, por meio de contrato firmado com o município. A administração municipal acabava pagando duas vezes pelo mesmo serviço. Vamos fazer um processo só, pagar o consórcio em dia e utilizar os serviços por meio desta via. Assim, reduziremos gastos”, fala.

Leia também:  Recursos Federais | 80 milhões são anunciados para Rondonópolis

Os vereadores também questionaram sobre a equipe que deve estar a frente de cada setor e pediram para que a chefe da pasta acelere as contratações restantes e com isso garanta os serviços à população. “Sabemos que há locais em que os medicamentos já começaram a faltar. Também unidades que estão sem profissionais. É preciso acelerar o processo de contratação ou remoção de servidores para que haja a continuidade dos serviços e para que a população não sofra com a transição de gestor”, conclui o presidente da Casa de Leis, Rodrigo da Zaeli.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.