Imagem: preso em torixoreu
Os vereadores foram conduzidos para a delegacia de Barra do Garças – Foto: reprodução

Quatro vereadores foram presos durante a 1ª sessão do ano, neste domingo (1) na cidade de Torixoréu (285 Km de Rondonópolis). Toda nova Mesa Diretora recebeu voz de prisão da Polícia Militar por descumprimento da ordem judicial proferida pelo juiz da Comarca de Barra do Garças, que mandava dar posse a prefeita eleita Inês Coelho (PP). O juiz em sua decisão arbitrou ainda multa de R$ 20 mil em caso de descumprimento.

Durante a sessão, o presidente reeleito da Câmera, Valdemar de Oliveira, alegou que a prefeita eleita Inês Coelho não teria condições de assumir o comando da cidade, por responder processo na Justiça Eleitoral. Inês entrou na disputa eleitoral substituindo o esposo, o ex-prefeito Odoni Coelho, que foi cassado. Antes do pleito, o registro de Inês e do adversário Silvio Figueiredo foram impugnados.

Leia também:  Vereadores cobram a implantação de semáforos em pontos críticos

Foram presos, o presidente reeleito Valdemar de Oliveira Alves (Juca do PV), a vice-presidente Lúcia Rocha (PSDB), 1º secretário Deon Nunes (PSD) e 2º Secretário Osvaldo do Cotraço (PSDB).

Segundo informações da assessoria jurídica de Inês Coelho, o juiz responsável pelo caso já está sendo comunicado do descumprimento dos vereadores, e deve expedir novo documento para então dar a posse à prefeita.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.