As chuvas nos últimos 15 dias vieram a agravar as dificuldades do produtor na semeadura do cereal de milho em Mato Grosso (MT). Já para o próximo mês, a Somar Meteorologia
estima que irá chover mais de 200 milímetros em alguns municípios do Estado. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

As cidade de Campo Novo do Parecis, Itaúba e Sinop são os municípios acompanhados que poderão ter a maior precipitação no mês de fevereiro. Quando comparado ao mesmo mês do ano passado, é visto que neste ano as chuvas estarão mais presentes, podendo
assim atrapalhar o manejo a campo do produtor.

Na semana passada, conforme os economistas do Imea, para não atrasar e perder o “time” da semeadura, alguns produtores optaram por intensificar o andamento da semeadura enquanto havia sol e em muitos
casos decidiram ter turnos noturnos.

Leia também:  Primavera do Leste | Maio fecha com saldo positivo e comércio é setor que mais gera emprego

Caso esta previsão das precipitações venha a acontecer, o produtor poderá ter dificuldades no trabalho a campo neste mês, contudo pode favorecer as condições das lavouras já a campo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.