Dr Kemper e médico da Santa Casa - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Dr Kemper e Dr Renato da Santa Casa – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Mais uma vez os médicos da Santa Casa anunciaram a paralisação dos serviços eletivos da entidade. O anuncio foi feito na tarde desta segunda-feira (20) e mais uma vez o motivo é a falta de repasse do Governo do Estado.

De acordo com o Vice-Diretor Presidente da Santa Casa, Kemper Carlos Pereira, os repasses atrasados são desde novembro de 2016 e o corpo clínico está sem receber a mais de 120 dias “Os médicos tem suas famílias e precisam de dinheiro para viver, entendemos que é impossível trabalhar e não receber por tanto tempo” afirmou.

O valor que engloba repasses da UTI infantil e do setor de Média e Alta Complexidade chegam a quase R$8 milhões.

Leia também:  Prefeitura disponibiliza certidões online sem ônus para população

Kemper salientou ainda os problemas enfrentado pelos médicos especialistas da UTI que vieram de fora para trabalhar “Tivemos que trazer pessoas de fora, qualificadas em áreas específicas para agora ficarem sem receber” afirmou.

Serão atendidas a partir de agora apenas casos de urgência.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.