Imagem: Polícia em Primavera
Foto: Vilmar Kaiser / AGORA MT

Durante coletiva na tarde desta quinta-feira (16) na Delegacia Regional de Primavera do Leste, foram anunciadas as bases para a realização de uma nova operação integrada das forças de segurança no combate ao crime já nos próximos dias. Estiveram presentes o delegado Regional, Rafael Fossari, o Comandante Regional da PM, Coronel Walter, o comandante adjunto, Major Gabriel e agentes da Polícia Rodoviária Federal.

“Esse é um trabalho que segue uma orientação federal, que é a integração das polícias em todas as esferas, incluindo até mesmo a fiscalização municipal”, adiantou o comandante Regional da PM, destacando que o papel da Polícia Militar é orientar ao cidadão, porém atuar de forma ostensiva, principalmente no combate à criminalidade.

Leia também:  Após denúncia, casal de traficantes é preso com entorpecentes e R$ 10 mil em Cuiabá

Sobre a participação da Polícia Judiciária Civil o delegado Rafael Fossari avalia que as operações trazem resultado muito positivo. “Já fizemos um trabalho semelhante em janeiro e agora estamos nos organizando para deflagrar esta nova ação, que irá continuar sendo realizada ao longo de todo o ano”, considerou.

Como resultado imediato o delegado defende que após as operações aumentam os períodos de “calmaria” na cidade. “Ao mesmo tempo aumenta significativamente o número de denúncias por todos os meios disponíveis”, defende ele, alegando que a população, percebendo a presença mais efetiva da polícia nas ruas, tem a confiança aumentada.

O agente Zazycki da Polícia Rodoviária Federal destaca o apoio efetivo da PRF nas ações dentro do município. “Muitos pensam que atuamos apenas na rodovia e não é assim. No caso das notificações, essas estão sob a jurisdição em que atuamos, no caso a rodovia. Porém, com relação às condutas criminais a PRF pode atuar para combatê-las em qualquer local e por isso temos essa parceria com as polícias e fiscalização local”, disse Zazycki.

Leia também:  Pedra Preta | Operação de combate ao tráfico e mandados de prisão são cumpridos no município

FUNCIONAMENTO

Na prática as operações integradas vão ser focadas na orientação, principalmente quanto à não combinação da ingestão de bebidas alcoólicas e direção de veículos, não ingestão de bebidas em locais públicos (reduzindo outras condutas inconvenientes), além da chamada “saturação” nos principais pontos da cidade e em determinados horários nos quais a polícia sabe que aumenta o número de roubos, furtos o tráfico e consumo de drogas (esta será a presença ostensiva).

Sobre o início desta operação não foi revelada a data, mas as autoridades ressaltam que “provavelmente nos dias que antecedem e se desenvolve o Carnaval”, serão feitas ações, tendo em vista o aumento de diversas condutas ilícitas.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.