Tribunal do juri realiza audiência no Jardim Rivera em Rondonopolis - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Tribunal do juri realiza audiência no Jardim Rivera em Rondonopolis – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

As sessões do Tribunal do Júri começaram nesta manhã de quinta-feira (16), no salão comunitário do Jardim Rivera a partir das 08h30. Renato Henrique da Silva, é o primeiro a sentar no banco dos réus, acusado de assassinar dois jovens no ano de 2012, em uma boate localizada no centro da cidade.

O juiz Wladymir Perri, titular da 1ª Vara Criminal de Rondonópolis, decidiu inovar a forma com que realiza as audiências do Tribunal do Júri na comarca; este mês, os júris serão realizados nos salões comunitários dos bairros Jardim Rivera, Santa Clara e Parque Universitário – onde aconteceram os homicídios que serão julgados. É a primeira vez que a ação é realizada em Rondonópolis. Os júris acontecerão nos dias 16, 17 e 21 de fevereiro.

Como proposta de realizar o júri nas comunidades, Perri quer mostrar para a população que o Poder Judiciário está agindo, está próximo do jurisdicionado, e ainda inibir o aumento da criminalidade por meio da divulgação das penas aplicadas àqueles que cometem crimes contra a vida.

Leia também:  'Mega Feirão de Pisos' acontece no mês de dezembro em Rondonópolis
Tribunal do juri realiza audiência no Jardim Rivera em Rondonopolis 01 - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Tribunal do juri realiza audiência no Jardim Rivera em Rondonopolis 01 – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

“Embora alguns seguimentos da justiça recusaram realizar esse júri, alegando a exposição, eu acredito que não existe exposição nenhuma, porque isso já aconteceu quando eles cometeram os crimes e o papel da imprensa é divulgar. É importante a justiça estar próximo dos bairros, para que todos saibam os resultados e que a justiça está sendo feita.” Aponta Juiz.

Sua intenção é realizar os júris do mês de março da mesma forma e sucessivamente em outros bairros, até que todos os julgamentos dessa natureza sejam realizados nas comunidades e não mais no Fórum.

Tribunal do juri realiza audiencia no Jardim Rivera - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Tribunal do juri realiza audiencia no Jardim Rivera – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Segundo o Promotor de Justiça em Mato Grosso César Danilo Ribeiro de Novais, tudo que envolve a justiça tem que ter transparência. ” O tribunal do júri é o coração que bombeia o sangue da democracia no poder judiciário, é na verdade do povo, pelo povo, para o povo, nada mais justo que vá até a população, isso sim soma na distribuição da justiça”. Discorreu.

Leia também:  Chuvas atrasam programações de reforma de pastagens em MT

O CRIME

Na madrugada de quinta-feira (18) no ano de 2012 uma briga ocorrida próximo a Boate Madri Music Bar, situada na avenida Dom Wunibaldo, deixou duas pessoas mortas e cinco pessoas feridas.

De acordo com informações de testemunhas o motivo da briga seria um acerto de contas referente a um assalto aos Correios na cidade de Poxoréu. Houve troca de tiros.

Wesley Ubiratan Albuquerque dos Santos, 21, e Everton Aparecido Moraes da Silva,23, chegaram ao Hospital já sem vida. L. S.J. de apenas 15 anos e o menor F.E.L.F. de 14 que é um dos suspeitos envolvidos no crime foram atingidos na região da coxa.

Também compareceu ao Pronto Atendimento a vítima Magno Cassiano Moares,18, com um projétil alojado próximo ao olho esquerdo e a menor A.A.B.O de 17 anos com perfuração no cotovelo esquerdo.

Leia também:  Cerca de 350 famílias recebem título de propriedade no Residencial Farias

O outro suspeito Renato Henrique,18, também sofreu uma perfuração no tórax e na face. Ele foi pego por populares e entregue a polícia.

O menor e Renato foram reconhecidos pelas vítimas e testemunhas como sendo autores dos disparos. O menor afirmou ainda que entregou uma das armas do crime a uma terceira pessoa conhecida por Júlio César.

A arma apreendida foi checada e está registrada em nome da SEJUSP (Polícia Judiciária Civil).

Leia mais

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.