Policiais reunidos na 1º DP para Operação Lei Seca - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Policiais reunidos na 1ª DP para a Operação Lei Seca – Foto : Messias Filho / AGORA MT

A Operação Lei Seca contou com a integração da Polícia Militar, Polícia Civil, Detran, Corpo de Bombeiros, Samu, Politec, Polícia Rodoviária Federal, agentes prisionais e Gabinete de Gestão Integrada (GGI) na noite desta sexta-feira (10), em alguns bairros de Rondonópolis. Foram feitas abordagens com o teste do bafômetro, fiscalização de veículos, documentação e averiguação criminal que resultaram na apreensão de vários veículos e de pessoas conduzidas.

O comandante interino do 5º Batalhão da Polícia Militar, Major Ozorio, explicou que essa fiscalização faz parte de um programa do Governo do Estado que teve início em 2016 e que em 2017 está dando andamento e que tem como intuito o de minimizar os acidentes de trânsito. “Estamos fazendo esse trabalho visando tirar das ruas condutores que bebem e depois dirigem e assim diminuir o número de acidentes no trânsito”, disse o major.

Leia também:  Alta Floresta | Um motorista é preso e três são multados em quase R$ 3 mil em blitz da Lei Seca
Abordagem de veículo e pessoas na avenida Irmã Bernada - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Abordagem de veículo e pessoas na avenida Irmã Bernada – Foto : Messias Filho / AGORA MT

O secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada, Anderson Rocha, reafirmou a ideia de que esse tipo de ação está atendendo a política do Estado que é a integração entre os órgãos de Segurança. “Trabalhamos juntos para prevenir e reduzir óbitos e acidentes no trânsito de Rondonópolis que apresenta o dobro de óbito comparado com a média nacional. Enquanto no Brasil morrem 23 pessoas a cada 100 mil veículos em Rondonópolis esse número é de 57″, alertou.

Anderson Rocha afirmou que essa ainda é uma grande preocupação na cidade, apesar de já ter avançado de 2011 para cá, porém que ainda é preciso evoluir muito para que estes índices sejam reduzidos e tragam mais segurança aos cidadãos.”Tenha consciência, se beber não dirija, chame um táxi ou vá de carona”, finalizou.

Leia também:  Alta Floresta | Menor envolvido em roubos, furtos, tráfico e homicídio é apreendido pela PC
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.