Mesmo tendo terminado no estado de Mato Grosso no último dia 31 de janeiro, uma nota emitida pelo IBAMA pegou muita gente de surpresa, principalmente os pescadores que aguardavam ansiosos pelo pelo fim da proibição da pesca.

Segundo o IBAMA uma portaria assinada ainda no ano de 2007 fixa o período de defeso até o último dia do mês de fevereiro que no caso este ano é dia 28. O responsável pelo IBAMA local, Silvio José Pereira Junior explicou que a piracema não terminou nos rios federais como o Araguaia, Paraguai, Aripuanã, e em Alta Floresta, o Teles Pires.

Vinícius Rezek chefe da unidade da Sema ( Secretaria do Estado e Meio Ambiente) do município disse não ter nenhuma informação que confirme tal portaria. Mas destacou a o informe do IBAMA procede, no entanto não poderia dar mais informações sem antes receber um documento oficial da Sema.

Leia também:  Emissão de RG está suspensa em Mato Grosso

A Piracema no Estado de Mato Grosso terminou na terça-feira, dia 31 de janeiro conforme data estabelecida Conselho Estadual de Peca. Mas uma nota de esclarecimento do Ibama pegou milhares de pescadores de surpresa. Conforme o órgão, uma Portaria assinada ainda no ano de 2007 fixa o período de defeso até o último dia do mês de fevereiro que no caso este ano é dia 28. No município de Alta Floresta a notícia gerou reclamação, mas o chefe da unidade regional do órgãos fiscalizador federal, Silvio José Pereira Junior assegurou que se mantém a norma federal, que é soberana.

Sílvio deixou claro que a fiscalização continua, e que se forem encontradas pessoas pescando no rio Teles Pires serão aplicadas todas as penalidades cabíveis, bem como a apreensão do pescado.

Leia também:  Cuiabá | Agência do Banco do Brasil se nega abrir conta para deficiente visual e terá que indenizá-lo com R$ 20 mil
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.