Imagem: Maradona
Foto: reprodução

Agentes da Polícia Nacional da Espanha foram enviados até o hotel Eurostar Suites Mirasierra, em Madri, após relatos de uma suposta agressão do ex-jogador argentino Diego Armando Maradona contra sua namorada, Rocío Oliva, segundo o jornal “El Mundo”.
Maradona e a namorada viajaram para Madri para assistir ao jogo entre Real Madrid e Napoli, nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O ex-craque argentino brilhou no Napoli nas décadas de 80 e 90, quando levou o time a dois títulos italianos e um da Copa da Uefa.

Os policiais chegaram ao hotel às 8h20 (5h20 de Brasília) após uma denúncia de funcionários do hotel. Segundo a imprensa espanhola, Maradona foi interrogado e, até o momento, a mulher não apresentou nenhuma denúncia contra o ex-jogador argentino.

Leia também:  Militares brasileiros são alvos de ataques em 3 dias seguidos no Taiti

“Quando os agentes chegaram, essas pessoas [Maradona e companheira] não apresentavam lesões e nem denúncias, tudo acabou sendo uma discussão”, informou a polícia à AFP.

Na noite de segunda-feira, o astro argentino já havia protagonizado um desentendimento com um jornalista, que o abordou quando saía do restaurante do hotel.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.