Imagem: policia-civil
Foto: Reprodução

A Polícia Civil informa que foi solucionado o latrocínio contra a idosa Maria Inês de Almeida, 78 anos, ocorrido em Rosário Oeste (128 km ao Norte) em outubro do ano passado. Nesta quinta-feira (09.10) foi preso o último suspeito que ainda estava foragido. Arilson Marcos de Arruda, 20 anos, foi detido na comunidade Fonte Estevão, zona rural do município.

O rapaz foi encontrado portando um revólver e munições, e por conta disso também foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e munições de uso permitido, além de ter o mandado de prisão preventiva cumprida.

Além de Arilson, mais três pessoas participaram do crime, entre eles parentes da vítima. Um neto dela está apreendido por ter participado da morte da avó. O inquérito policial já foi concluído com o indiciamento dos três maiores. “Essa prisão era o que faltava sobre o latrocínio”, disse o delegado Fabiano Pitoscia.

Leia também:  Vítima de sequestro é obrigada a dirigir para assaltante

O caso

As investigações apontaram que no dia do crime, por volta das 18h, quatro pessoas, mediante utilização de arma de fogo e escondendo os rostos com camisas, invadiram a casa da idosa, vindo a matá-la com tiros no rosto. Eles subtraíram da idosa R$ 180. Em seguida, fugiram efetuando disparo para amedrontar os moradores próximos.

Testemunhas disseram que os assaltantes utilizaram um corsa Sedan, cor azul escuro, durante a ação. Investigação pormenorizada da Polícia Civil identificou os suspeitos do crime como Adão Agostinho de Almeida, apelidado de Duzinho, e o adolescente A.J.A, 17, ambos parentes da vítima, e ainda Evanil Gonçalo da Silva, conhecido como Neva, proprietário do veículo, que foi apreendido no dia 18 de outubro.

Leia também:  Conversa com ex-companheira de suspeito termina em esfaqueamento

O menor infrator confessou ter furtado os objetos e também ter assassinado a avó, na companhia de Adão e Evanil. Em desfavor do adolescente foi instaurado Auto de Apreensão em Flagrante Delito e, em seguida, requisição de medida de internação solicitada pelo delegado Fabiano Pitoscia.

O tio do adolescente, Adão, é investigado por outro crime cometido contra Maria Inês, um furto em 2013. Na ocasião, foi instaurado inquérito policial nº 28/2013 na Delegacia de Polícia de Rosário Oeste para apurar o delito. O veículo Corsa Sedan foi apreendido e Evanil preso pelos crimes de roubo seguido de morte (latrocínio) e associação criminosa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.