Nos anos de 2016/2017 houve uma mudança no período proibitivo de pesca em Mato Grosso. Antes a piracema começava em novembro e terminava em fevereiro, porém neste ano o período começou em outubro e terminou em janeiro.

Após o reinício da pesca, segundo o Conselho Estadual de Pesca (Cepesca), várias denúncias e relatos foram feitos por pescadores que afirmavam que vários peixes ainda estavam em período de desova. As denúncias estão sendo investigadas.

Ainda segundo o Cepesca, já está sendo avaliado o período proibitivo de 2017/2018.

AUMENTO DO PERÍODO

Em relação ao aumento do período proibitivo de quatro para seis meses, como solicitado na Notificação Recomendatória do Ministério Público Estadual, a mudança depende também de questões como o pagamento do seguro defeso feito pelo INSS.

Leia também:  BR-364 é interditada entre Rondonópolis e Cuiabá nesta terça
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.