Imagem: PM isolou o local onde aconteceu o tiroteio e foi lançada uma granada
PM isolou o local onde aconteceu o tiroteio e foi lançada uma granada – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

Uma estranha tentativa de homicídio no Jardim Santa Marta ocorrida por volta do meio-dia deste sábado (04) mobilizou a Polícia Militar e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) até o final da tarde. Uma granada foi lançada durante a tentativa de homicídio, mas não funcionou e o Bope foi até o local fazer a detonação.

Imagem: Momento em que o BOPE prepara para detonar a granada
Momento em que o BOPE prepara o equipamento para detonação – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

Quando os policiais chegaram após ligação via 190 encontraram um revolver engatilhado caído no chão e uma granada com o pino removido, mas não detonada.

Segundo consta no Boletim de Ocorrências, primeiro a vítima baleada de 46 anos, afirmou que estava trafegando pela via e que iria entrar na casa de Marcelo Borges Rodrigues, 46 anos, quando um veículo Palio chegou atirando contra eles. Ele então que dirigia um veículo empurrou Marcelo pela saída do passageiro e conseguiu sair por lá. Os suspeitos então teriam fugido.

Leia também:  Sinop | Mulher é morta após tentativa de roubo
Imagem: BOPE prepara para detonar a granada
BOPE prepara para detonar a granada -Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

Logo depois ele deu uma nova versão dizendo que ele e Marcelo estavam chegando quando os suspeitos aproximaram e começaram a efetuar disparos. Marcelo então, que estava com um revólver calibre 38, revidou e houve troca de tiros quando ele foi alvejado na perna. A vítima afirmou ainda que Marcelo já havia sido preso em Alto Araguaia por homicídio.

Ele não explicou sobre a granada. Já Marcelo saiu do local e ainda não foi encontrado pela polícia para prestar esclarecimentos.

O caso está sendo investigado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.