Imagem: Maquir
Foto: reprodução Rede Record

Os oficiais cananeus lutam com os guerreiros hebreus. Salmon e os outros guerreiros hebreus avistam os cananeus atacando Aruna. Rune se aproxima dos inimigos para proteger Aruna e é golpeado. Ele cai no chão e um oficial cananeu ergue a lança para mata-lo.

Maquir se joga na frente de Rune e recebe um golpe fatal para salvar a vida do rapaz. Arrependido e agonizando, o guerreiro pede perdão a Rune e morre. Úrsula vai até a taberna e ameaça Ula.

Mireu foge do acampamento. Adonizedeque obriga os outros reis a darem uma resposta sobre a coalizão dos monarcas.

Josué avisa que Jerusalém pagará pelo ataque. Pirã e Debir tramam contra Adonizedeque. Haniel é avisado sobre a morte de Maquir. Adonizedeque fica revoltado ao saber que Úrsula ameaçou Ula.

Josué conversa com Haniel e diz que Maquir morreu de maneira honrosa.

Léia diz não acreditar na história contada por Samara. Adonizedeque conversa com Úrsula e avisa que vai se separar de esposa aprisionada.

Leia também:  Rico e Lázaro | Zabaia é condenado à morte por produzir cerveja clandestina

Salmon e Raabe falam sobre a morte de Maquir. Úrsula avisa que não permitirá que o pai se case com Ula.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.