Imagem: João do Mototaxi
Foto: assessoria

O vereador João Mototáxi (PSL) não gostou do posicionamento do prefeito Zé Carlos do Pátio, que decidiu vetar seu Projeto de Lei que versa sobre aumentar o tempo de uso das motocicletas usadas pela categoria dos mototaxistas. Ele alega que os profissionais arcam com um número grande de impostos e a lei ajudaria a minimizar essas perdas.

“Quando adquirimos um novo veículo temos que pagar nove taxas. Entre elas o ISSQN, alvará, vistoria no Detran e a taxa para o recadastramento da categoria junto à Setrat. Se aumentarmos o tempo útil desta motocicleta, ajudaria e muito o profissional que, muitas das vezes, não tem de onde tirar essa verba”, explica.

Aproveitando o assunto, o vereador reclamou ainda que sobre a falta de cobertura nos pontos dos mototaxistas. “Os profissionais ficam ao relento, no sol, queimam; durante o período chuvoso, encharcam. É muito sofrimento. São trabalhadores e merecem o mínimo de dignidade”, defendeu.

Leia também:  Botelho destaca investimentos à Agricultura Familiar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.