Imagem: Silvio Negri
Foto: assessoria

Desde a reunião com o Ministério Público, realizada na manhã de terça-feira (14), os legisladores vêm discutindo sobre a atualização do Plano Diretor de Rondonópolis. O vereador Professor Silvio Negri (PCdoB) participou do debate e sugeriu uma reflexão crítica sobre a pauta.

Durante a Sessão Extraordinária, proposta pelo executivo municipal, com a finalidade de aprovar um convênio entre a Santa Casa e a Prefeitura realizada na terça-feira (14), Silvio Negri aproveitou a ocasião e retomou a discussão, ressaltando a importância de fiscalizar a implementação e execução do Plano Diretor. “O Plano Diretor é um grande instrumento, desde que a sociedade e os vereadores fiscalizem. Caso contrário, ele é só um documento que vai parar dentro das gavetas dos nossos governantes”, alertou.

Leia também:  Botelho destaca investimentos à Agricultura Familiar

Para o vereador, não basta somente implementar o Plano Diretor, mas é preciso cumpri-lo. “Historicamente, Rondonópolis tem uma grande quantidade de vazios urbanos, loteamentos que servem para especulação imobiliária. Hoje existe mais de 45 mil lotes vazios em nossa cidade e uma crescente verticalização. E muitas vezes nosso Plano Diretor é desrespeitado, servindo apenas como instrumento de controle social, econômico e espacial”.

O controle pelo espaço urbano acarreta na divisão de classes dentro da cidade e, na maioria das vezes, concebe-se loteamentos sem nenhuma infraestrutura. Situação que define onde as pessoas vão morar. “Quando isso acontece, os mais prejudicados são os trabalhadores, pessoas de menor poder aquisitivo, pois são elas quem pagam transporte coletivo e metro quadrado mais caro”, explica Negri.

Leia também:  Deputados aprovam o PEC do Teto de Gastos em 2ª votação

É importante entender que são vários os agentes de produção do espaço urbano: O Estado, os grupos sociais excluídos – que não têm moradia – os proprietários fundiários, os promotores imobiliários, as grandes empresas. Todos produzem o espaço urbano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.