O vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB) demonstrou-se preocupado com a situação do transporte coletivo da cidade. A diretoria da empresa que presta o serviço em Rondonópolis comunicou que vai deixar a cidade em abril, deixando a administração pública com a obrigação de solucionar o problema e garantir os serviços para a população da cidade.

“Estou extremamente preocupado com esta situação. É preciso encontrar uma alternativa rápida para este problema, pois há menos de 90 dias para que a empresa deixe a cidade. A população não pode sofrer as consequências deste problema e o tempo está correndo, 90 dias passa rápido. A empresa já sinalizou que não há chances de continuar na cidade, portanto a administração terá que buscar fazer uma licitação rápida e que atenda as necessidades da cidade”, explica.

Leia também:  Pátio muda estilo e "dizima" oposição na Câmara

Zaeli também se mostrou preocupado com a volta do atendimento nas unidades de educação infantil da cidade. Segundo ele, as aulas que eram para serem retomadas no dia 6 de fevereiro não serão. Isso tem causado preocupação aos pais que trabalham e não tem outro local para deixarem seus filhos enquanto cumprem expediente. Também há um cobrança por parte do vereador para que a secretaria municipal de educação estude a viabilidade em garantir atendimento integral nas unidades de educação infantil.

“Solicitei à secretária Carmem que veja a possibilidade de atender integralmente estas crianças. Há uma necessidade grande por parte da maioria dos pais que precisam deixar seus filhos nas unidades e não estão encontrando outro local para deixá-los o outro período. Também pedi à secretária que dê uma atenção especial para a retomada das atividades nas unidades, pois os pais estão aflitos com a possibilidade do atraso”, justifica.

Leia também:  Rondonópolis em luto; cidade perde Mariazinha Saddi
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.