Imagem: Celular
Foto: Reprodução

O celular se tornou item indispensável para se comunicar, se divertir, trabalhar, pagar as contas… Mas será que alguns programas para o aparelho ajudam até a eliminar os quilos extras? Essa foi a pergunta que estudiosos da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, responderam em uma pesquisa com 404 voluntários.

Metade deles integrou um programa de emagrecimento por meio de redes sociais e aplicativos, enquanto a outra parcela só recebeu orientações gerais. Após dois anos, para desapontamento de todos, não houve diferença na perda de peso entre os dois grupos.

“As soluções tecnológicas podem ser úteis, mas, sozinhas, não resolvem a questão”, analisa o professor Antonio Herbert Lancha Jr., autor do livro O Fim das Dietas (Editora Abril). “O apoio de um profissional de saúde é decisivo para alcançar o resultado”, completa.

Leia também:  Quatro dicas para cuidar da pele dos cães durante o frio

Como tirar proveito

Confira alguns conselhos para usar os aplicativos a favor do emagrecimento

Metas
Prefira os apps que possibilitem estabelecer seus próprios objetivos.

Histórico
Há programas que permitem ver seu histórico e quanto houve de progresso.

Diversão
Apostar em jogos e desafios aumenta a motivação.

Cilada
Fuja daqueles que dizem resolver tudo sem o auxílio de um profissional.

Boas opções na telinha

My fitness pal
Monitora e calcula as calorias de cada alimento que será ou foi ingerido.

Runtastic
Acompanha sua corrida ou caminhada e permite comparar os resultados.

Atitude boa forma
Traz receitas, sugestões de dieta, qualidade do sono, consumo de água…

Pact
Você aposta que vai se exercitar. Se cumprir, ganha dinheiro. Se não, paga.

Leia também:  O colete que corrige a postura e evitaria dores nas costas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.