Imagem: Banco de leite humano
Foto: Reprodução / Banco de Leite Humano de Rondonópolis

A Santa Casa de Rondonópolis está fazendo um apelo para a população voltado às mães que estão em período de amamentação para doarem ao banco de leite humano da instituição.

De acordo com a médica pediatra Virginia Beatriz de Resende Silva, o estoque do banco de leite nunca operou em um limite tão baixo nos últimos anos. “Aumentou a demanda de leitos na UTI neonatal de 12 para 36, mas não a doação de leite humano, o hospital recebe bebês prematuros da nossa cidade e de toda a região Sul do estado de Mato Grosso e com isso não conseguimos suprir essa demanda, ontem (01), por exemplo, passamos o dia todo com apenas um frasco de 200ml no estoque e só podemos suprir quem realmente precisava”, ressaltou Virginia.

Leia também:  Rondonópolis também está com a emissão de passaporte suspensa

O processo para doação de leite até chegar aos bebês passa por duas etapas.

Primeira etapa: a mãe tem que ter a iniciativa de doar, ligar até o banco de leite humano da Santa Casa e uma equipe vai até a sua residência, levando frascos de vidro com tampas de plásticos (esterilizados), ensinando a mãe, como fazer a retirada do leite e o armazenamento correto do mesmo.

Segunda Etapa: Após ter feito todo o procedimento e ter passado por testes de qualidade, esse leite é pasteurizado e após um período de 48h pode estar pronto para o uso dos bebês que estão internados na Santa Casa de Rondonópolis.

Se você conhece alguma mãe que está em período de amamentação e deseja fazer a doação para o banco de leite da Santa Casa de Rondonópolis, é só entrar em contato pelo telefone:66 – 3410 2785 que a equipe vai lhe informar tudo que é preciso.

Leia também:  3º Batalhão de Bombeiros de Rondonópolis tem novo comandante
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.