Imagem: caixa
Reprodução

A Caixa Econômica Federal vai abrir nesta sexta-feira (10), na segunda (13) e na terça-feira (14) com duas horas de antecedência para atender quem for às agências para sacar o dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para obter informações sobre saldo ou acertar o cadastro.
A informação foi divulgada pelo diretor executivo do FGTS da Caixa, Valter Nunes, durante um chat ao vivo no Facebook do banco nesta quarta-feira (8).
Segundo ele, trata-se de “uma estratégia de contingência” que pode ser ampliada em caso de necessidade.

“Nós definimos agora que vamos abrir para este primeiro calendário [saques em março], sexta-feira, segunda (13) e terça-feira (14), além do sábado (11). Se nós sentirmos que não está dando vazão, que ainda estamos com um número expressivo de pessoas que não vão receber, que está havendo um acúmulo de pagamentos, porque o calendário abre agora, mas ele não se encerra quando abrirem os calendários dos próximos meses, pode ser que a gente use outras datas alternativas de abertura antecipada ou mesmo sábado”, disse.
“Se houver escalonamento de pagamento não haverá grandes problemas. Caso seja necessário, temos um plano de contingência já estruturado”, completou.
O saque das contas inativas do FGTS começa nesta sexta-feira (10) para os beneficiários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. O cronograma de saques se estende até o dia 31 de julho e varia de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores. De acordo com a Caixa Econômica Federal, 4,8 milhões de beneficiários têm direito ao saque das contas inativas já neste mês, totalizando cerca de R$ 6 bilhões.

Leia também:  Mais uma professora vítima de ataque em creche de Janaúba morre em hospital de BH

Imagem: fgtsAs agências da Caixa Econômica Federal vão abrir neste sábado (11) e em outros três durante o calendário de saques para atender somente os casos de interessados em sacar o dinheiro ou obter informações sobre as contas inativas. Os demais sábados serão 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho. Serão 1.891 agências abertas das 9h às 15h. A relação das agências consta no site.

De acordo com Nunes, funcionários de outras agências serão colocadas nessas 1.891 agências somente para atender os beneficiários do FGTS.
Segundo Nunes, somente em fevereiro 300 mil pessoas foram atendidas por dia para falar de FGTS. Mais de 9 milhões de ligações foram feitas pelo telefone 0800 726 2017, que responde as dúvidas sobre o assunto, e mais de 50 milhões entraram no site exclusivo www.caixa.gov.br/contasinativas.

Leia também:  Chefe de gabinete com carro oficial faz vídeo a mais de 210 km/h em SP

Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31/12/2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. O trabalhador deve estar afastado do emprego pelo menos desde o fim de 2015. O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.

De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas inativas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados pelos trabalhadores. Segundo a Caixa, as pessoas que não conseguirem fazer a retirada do dinheiro até 31 de julho não conseguirão fazer o saque em outra data.

Leia também:  Avião sai de MT e cai em Goiás deixando passageiros feridos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.