Imagem: fgts
reprodução

Muitas pessoas que enfrentaram filas na Caixa Econômica não conseguiram sacar o dinheiro das contas inativas do FGTS. Em todo o país, o G1 recebeu relatos de clientes que tiveram problemas no cadastro e não puderam pegar o dinheiro. Outros dizem que receberam valores abaixo do verificado nas consultas de saldo feitas na internet.

A Caixa Econômica informou que até às 11h cerca de 300 mil pessoas sacaram o FGTS de 700 mil contas. Não há dados neste momento sobre o volume de atendimentos nas agências.

O mensageiro de laboratório Marcelo da Silva explica que chegou à agência de Bairro Novo, em Olinda (PE), por volta das 6h e passou cerca de 30 minutos para ser atendido, a partir do início do expediente da Caixa. Apesar disso, ele não conseguiu fazer o saque por uma inconsistência entre os dados do beneficiário e o cadastrado no sistema do FGTS.

Leia também:  Número de ônibus incendiados em 2017 no Brasil já é maior do que ano passado

“Não consegui fazer a consulta nem no site, porque sempre me informavam que o número do NIS estava errado. Vou ter que esperar até as 10h para poder voltar ao atendimento regular e mudar o cadastro, com o número correto”, disse Marcelo.
Em Macapá (AP), o vendedor Ricardo Filho, de 27 anos, disse que tem quase R$ 500 para sacar, mas não consegue, por causa de problemas com o cartão. “Eu vim para sacar mesmo, só que está dando falha na leitura do cartão nesses dois caixas. Para sacar eu vou ter que ir lá dentro, mas a fila está muito grande, acho que vou voltar só amanhã”, lamentou.

Leia também:  Entra em vigor nesse sábado a nova lei trabalhista
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.