O Cuiabá Arsenal fechou a primeira semana de treinos nesse último domingo (05.03), no Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra, em Cuiabá, com mais de uma centena de novos candidatos em preparação para disputar vagas no time principal. A equipe competirá em dois campeonatos neste ano, o mato-grossense de futebol americano, no 1º semestre, e o brasileiro, no 2º semestre. E para isso precisará correr contra o tempo para capacitar novos jogadores.

De acordo com o presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA), Paulo Cesar Machado o time principal é formado por 53 atletas, mas está com 42 jogadores prontos para jogo e onze vagas em aberto. Segundo o presidente, essas 11 vagas serão preenchidas pelos candidatos que se destacarem nos treinos. Candidatos esses que entraram na equipe na última seletiva, uma peneira que foi realizada na segunda quinzena de fevereiro com participação de 139 pessoas.

Leia também:  Cuiabá Arsenal embarca em busca de vaga na final do brasileiro

“É normal todo ano renovarmos parte do plantel de jogadores. Isso acontece na medida que os antigos saem por conta de vários motivos, seja pela vida profissional que ficou mais intensa, por casarem e terem filhos, por serem contratados por outros clubes ou pela idade ter avançado e o corpo render menos. Neste ano perdemos um pouco mais de atletas, mas nada muito fora do padrão. Então trabalharemos para criar peças de reposição. Além disso, dos novatos preencherem essas vagas, também encaixarão num projeto macro de renovação com vistas para 2019”, diz Paulo.

O Cuiabá Arsenal é bicampeão mato-grossense (2015 e 2016) e se prepara para disputar a 3ª edição desse certame, que está programado para ocorrer de abril até junho. O campeonato começará no fim de semana de 15 e 16 de abril e a primeira partida dos cuiabanos será em 29 ou 30 de abril contra o Luverdense Overwhelming, na cidade de Lucas do Rio Verde. A tabela do estadual está montada e logo será disponibilizada com os nomes dos estádios das partidas.

Leia também:  Público reage e evita prejuízo para o União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.