Apesar da queda de 0,1% na indústria nacional, uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que o Mato Grosso está entre os nove dos 14 estados pesquisados que tiveram aumento na produção entre os meses de dezembro de 2016 para janeiro deste ano.

As maiores altas foram observadas no Espírito Santo (4,1%), Goiás (2,4%) e Pará (2,4%). Também começaram o ano com alta na produção, Pernambuco (2,1%), São Paulo (1%), Minas Gerais (0,7%), Santa Catarina (0,6%), Amazonas (0,5%) e Rio de Janeiro (0,3%).

Cinco locais mostraram queda na produção entre dezembro e janeiro: Bahia (-4,3%), Ceará (-3,4%), Rio Grande do Sul (-3,1%) e Paraná (-0,8%), além da região Nordeste, que congrega os dados de todos os estados da região (-1,8%).

Leia também:  Lideranças e membros da sociedade civil apresentam propostas para Cuiabá de 2019

Comportamento da indústria

Em outros tipos de comparação temporal, o IBGE também analisa o comportamento da indústria no estado de Mato Grosso. Portanto, nas comparações com o mesmo período do ano anterior e no acumulado dos 12 meses, o IBGE divulga o resultado do desempenho da indústria em 15 locais.

Se for comparado com janeiro do ano passado, a indústria cresceu em 12 dos 15 locais pesquisados, com destaque para Pernambuco (14,1%), Espírito Santo (13,4%) e Mato Grosso (13,3%). Os três locais com maior queda na produção foram a Bahia (-15,5%), Rio Grande do Sul (-4,1%) e Região Nordeste (-2,9%).

O acumulado de 12 meses, apenas o Pará teve alta (9,3%). Os outros 14 locais tiveram queda, com destaque para Espírito Santo (-16,1%), Amazonas (-7,8%) e Bahia (-7,2%).

Leia também:  Detran capacita servidores de Ciretrans em gestão de Protocolo no estado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.