Imagem: deputado polones
Foto: Piotr Drabik/Flickr/Creative Commons

O político ultraconservador polonês Janusz Korwin-Mikke, de 74 anos, deixou o Parlamento Europeu horrorizado mais uma vez quando, num debate sobre a diferença salarial entre homens e mulheres na Europa, afirmou que “as mulheres devem ganhar menos porque são mais fracas, menores e menos inteligentes”. “Elas devem ganhar menos. Isso é tudo”, concluiu.

A eurodeputada socialista espanhola Iratxe García não deixou o ataque barato e retrucou em seguida: “Segundo as suas teorias, eu não deveria ter o direito de estar aqui como deputada. Sei que o magoa e o preocupa que hoje as mulheres possam representar os cidadãos em igualdade de condições com você. Estou aqui para defender as mulheres europeias de homens como você.”

Leia também:  Criança de 3 anos foi a única sobrevivente em queda de avião na Rússia

García disse que pediria sanções contra o polonês. O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, abriu uma investigação do caso. Caso se considere que Korwin-Mikke infringiu as regras da Casa, ele pode ser punido com uma reprimenda, uma multa ou até um período de suspensão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.