Imagem: pai espanca filha até morte por derrubar rem´kedio no chão
Foto: Facebook / Reprodução

Um pai suspeito de espancar e matar a filha de 1 ano e 8 meses foi preso no Centro do Rio, na noite desta terça-feira, por agentes da 28º DP (Campinho). De acordo com informações da Polícia Civil, o crime foi cometido por João Pedro Tavares da Conceição, de 18 anos, na última segunda-feira. A vítima, identificada como Emilly Victoria, foi agredida ao menos duas vezes.
João Pedro foi preso na sede do Instituto Médico Legal (IML) do Rio quando tentava fazer a liberação do corpo da filha. Segundo as investigações, no dia do crime, o rapaz ficou irado porque a menina derrubou um vidro de remédio, então, a agrediu.

Em seguida, ao mamar, a pequena derramou leite e

Leia também:  Homem é flagrado se masturbando em ponto de ônibus em plena luz do dia no DF
Imagem: criança tinha 1 e 8 meses e foi morta pelo pai
Foto: Facebook / Reprodução

acabou sendo espancada novamente. No entanto, desta vez, Emilly desmaiou e, por isso, foi levada para a Clínica da Família, no bairro do Campinho. Ela morreu no local.

Para os investigadores do caso, João contou que a menina havia engolido antibióticos, o que a levou a passar mal. Mas exames de necropsia atestaram que a menina havia sido agredida, apresentando hemorragia no cérebro, além de ferimentos no baço, no fígado e em um rim.

A polícia prendeu João após expedição do mandado de prisão pelo plantão judiciário. Informalmente, segundo o delegado William de Medeiros Pena Junior, titular da 28ª DP, ele confessou o crime. O suspeito vai prestar novo depoimento nesta quarta-feira.

Leia também:  Doença conhecida como "barriga d'água" pode ser combatida com composto do hortelã
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.