Imagem: faca ensanguentada
reprodução

Para defender a mãe que estava sendo agredida pelo ex-marido, um garoto de 14 anos quase mata o próprio pai com cinco facadas. Antes da tentativa de assassinato, no entanto, o filho também foi mordido pelo pai dentro de um quadro de violência que aconteceu dentro do apartamento do ex-casal, num condomínio de luxo localizado na Rua Oriente Tenuta, no bairro Consil, área central de Cuiabá.

Separado da esposa, A.R.M. de 40 anos foi ao apartamento e tentou se reconciliar com esposa. De repente os dois começaram a discutir na frente do filho de 14 anos, que viu o pai tentando agredir a mãe e tentou intervir.O “sururu” na alta sociedade aconteceu por volta do meio dia desta terça-feira, (7).

Leia também:  Suspeito de matar colega de trabalho com 8 facadas é preso em MT

Enfurecido, o pai começou a morder o filho, foi quando o garota foi à cozinho, se armou com uma faca e partiu para matar o pai com seguidas facadas, principalmente pelas costas.
Ferido com certa gravidade, A.R., teve que ser levado às pressas para atendimento médico por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Mãe e filho também tiveram que ser medicados. O garoto sofreu ferimentos pela mordida e a mãe também teve um corte numa das mãos. Apenas o pai ficou em observação médica.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por mãe e filho, que tiveram que sair do apartamento antes da Polícia chegar, com medo e se refugiaram na casa de vizinhos. Segundo a PM, a vítima K.B.O.T.M., de 40 anos, já possui medidas protetivas contra o marido, de quem está separada.

Leia também:  Colisão frontal entre carreta e utilitário deixa três mortos na BR-163

Mãe e filho foram levados pela PM até a Central de Flagrantes, onde os dois foram ouvidos e liberados logo em seguida. O pai continua hospitalizado, e quando foi liberado por ser autuado em flagrante em crime da Lei Maria da Penha. O restante do caso será acompanhado por policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.